• Casa de Apoio - 2019

    O tempo passou e muita coisa mudou. A Casa de Apoio fundada em 1994 com objetivo específico de abrigo para crianças e adolescestes  HIV positivos agora, atendendo uma determinação do Ministério Público e das Varas da Infância da Comarca da Capital, atende crianças também soronegativas. Podemos ainda dar prioridade àquelas afetadas pelo HIV, mas hoje a realidade da transmissão mãe-filho mudou e o número de crianças contaminadas por suas mães reduziu drasticamente. As crianças são encaminhadas pelas Varas da Infância e uma vez na instituição a mesma é responsável por tudo.

    Temos como prioridade a integração social, respeito a individualidade e trabalho para manter o vínculo familiar sempre que possível visando a reintegração familiar. O uso do crack entre mulheres jovens, que vivem em situação de rua e que não fazem o pré-natal, tem alterado o perfil das crianças encaminhadas.

    Mantemos parcerias com escolas, cursos profissionalizantes, cursos de línguas, desenho, academias e clubes, com objetivo de inserção social e diminuição da institucionalização.


    2019 foi um ano de grande movimento de entrada e saída de crianças na instituição.

    47 crianças foram acolhidas

    28 crianças foram desligadas

    06 reintegradas à família natural

    13 colocadas em família extensa

    07 colocadas em família substituta

    01 transferida para outro abrigo

    01 óbito

    Todas as crianças em idade escolar estão matriculadas na rede pública de ensino e praticam atividades esportivas em clubes e/ou academias parceiras, assim como música dança e desenho; reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada; atividades recreativas e de lazer nos finais de semana dentro e fora da instituição. (passeios, praias, cinema, teatro etc.)


    A Viva Cazuza realiza ainda tratamento médico específico para o HIV na instituição e encaminha para outros profissionais da área médica, voluntários que atendem em seus consultórios sempre que necessário.

    Janeiro 

    Abrigo de 18 crianças;

    Fornecimento de 05 refeições diárias totalizando no mês o montante de 2.790 refeições servidas;

    47 (quarenta e sete) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição;

    01 (uma) consulta médica diversa

    15 (quinze) consultas com psicoterapeutas;

    01 (uma) consulta odontológica;

    07 (sete) dias de internação domiciliar;

    Todas as crianças em idade escolar estão matriculadas na rede pública de ensino e praticam atividades esportivas em clubes e/ou academias parceiras, assim como música dança e desenho;

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    Atividades recreativas e de lazer nos finais de semana dentro e fora da instituição. (passeio, praia, cinema, teatro etc.)

    01 criança saiu da instituição para reintegração familiar;

    01 criança exposta ao HIV ingressou na instituição. 

    Fevereiro

    Abrigo de 18 crianças;

    Fornecimento de 2.520 refeições servidas;

    26 (vinte e seis) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição;

    01 (uma) consulta médica diversa

    14 (quatorze) consultas com psicoterapeutas;

    03 (três) consultas com fonoaudiólogo;

    02 (duas) consultas odontológicas;

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    Atividades recreativas e de lazer nos finais de semana dentro e fora da instituição. (passeio, praia, cinema, teatro etc.)

    01 criança saiu da instituição para reintegração familiar;

    01 criança exposta ao HIV ingressou na instituição

    Março

    Abrigo de 18 crianças;

    Fornecimento de 2.790 refeições servidas;

    36 (trinta e seis) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição, realizada por profissional voluntário;

    01 (uma) consulta médica diversa;

    20 (vinte) consultas com psicoterapeutas;

    13 (treze) consultas com fonoaudiólogo;

    06 (seis) consultas odontológicas;

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    Atividades recreativas e de lazer nos finais de semana dentro e fora da instituição. (passeio, praia, cinema, teatro etc.)

    Abril

    Abrigo de 19 crianças;

    Fornecimento de 2.850 refeições servidas;

    23 (vinte e três) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição, realizada por profissional voluntário;

    01 (uma) consulta médica diversa;

    18 (dezoito) consultas com psicoterapeutas;

    14 (quatorze) consultas com fonoaudiólogo;

    04 (quatro) consultas odontológicas;

    03 (três) dias de internação hospitalar em hospital da rede privada de uma das crianças atendidas;

    07 (sete) dias de internação domiciliar relativo a uma criança,

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    Atividades recreativas e de lazer nos finais de semana dentro e fora da instituição. (passeio, praia, cinema, teatro etc.)

    Chegada de um bebê recém nascido, filho de mães soropositiva,

    Maio

    Abrigo de 19 crianças;

    Fornecimento de 2.850 refeições servidas;

    34 (trinta e quatro) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição, realizada por profissional voluntário;

    18 (dezoito) consultas com psicoterapeutas;

    14 (quatorze) consultas com fonoaudiólogo;

    04 (quatro) consultas odontológicas;

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    Atividades recreativas e de lazer nos finais de semana dentro e fora da instituição. (passeio, praia, cinema, teatro etc.)

    Junho

    Abrigo de 14 crianças;

    Fornecimento de 2.100 refeições servidas;

    22 (vinte e duas) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição, realizada por profissional voluntário;

    02 (duas) consultas médicas de especialidades diversas;

    23 (vinte e três) consultas com psicoterapeutas;

    18 (dezoito) consultas com fonoaudiólogo;

    07 (sete) consultas odontológicas;

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    Atividades recreativas e de lazer nos finais de semana dentro e fora da instituição. (passeio, praia, cinema, teatro etc.)

    Saída dos cinco irmãos HIV negativos, no final do mês, por solicitação da instituição junto a Vara da Infância e Juventude, da Comarca do Rio de Janeiro, com objetivo de atender a missão da instituição, terminando o mês a instituição com 14 crianças.

     Julho

    Abrigo de 14 crianças;

    Fornecimento de 2.1700 refeições servidas;

    29 (vinte e duas) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição, realizada por profissional voluntário;

    14 (quatorze) consultas médicas de especialidades diversas;

    21 (vinte e uma) consultas com psicoterapeutas;

    12 (doze) consultas com fonoaudiólogo;

    06 (seis) consultas odontológicas;

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    Atividades recreativas e de lazer nos finais de semana dentro e fora da instituição. (passeio, praia, cinema, teatro etc.);

    Agosto

    Abrigo de 14 crianças;

    Fornecimento de 2.100 refeições servidas;

    22 (vinte e duas) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição, realizada por profissional voluntário;

    02 (duas) consultas médicas de especialidades diversas;

    23 (vinte e três) consultas com psicoterapeutas;

    18 (dezoito) consultas com fonoaudiólogo;

    07 (sete) consultas odontológicas;

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    Atividades recreativas e de lazer nos finais de semana dentro e fora da instituição. (passeio, praia, cinema, teatro etc.)

    Saída dos cinco irmãos HIV negativos, no final do mês, por solicitação da instituição junto a Vara da Infância e Juventude, da Comarca do Rio de Janeiro, com objetivo de atender a missão da instituição, terminando o mês a instituição com 14 crianças.

    Setembro

    Abrigo de 12 crianças;

    Fornecimento de 1.800 refeições servidas;

    35 (trinta e cinco) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição;

    02 (duas) consultas médicas diversas

    11 (onze) consultas com psicoterapeutas;

    08 (oito) consulta fonoaudiológicas;

    01 (uma) consulta odontológica;

    07 (sete) dias de internação domiciliar;

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    Outubro

    Abrigo de 16 crianças;

    Fornecimento de 2.170 refeições servidas;

    38 (trinta e oito) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição;

    02 (duas) consultas médicas diversas

    17 (dezessete) consultas com psicoterapeutas;

    10 (dez) consultas fonoaudiológicas;

    02 (duas) consultas odontológicas;

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    01 criança saiu da instituição para adoção;

    05 crianças chegaram  a instituição;

    Novembro

    Abrigo de 18 crianças;

    Fornecimento de 2.700 refeições servidas;

    20 (vinte) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição;

    01 (uma) consulta médica diversa;

    13 (treze) consultas com psicoterapeutas;

    06 (seis) consultas fonoaudiológicas;

    02 (duas) consultas odontológicas;

    Reforço escolar na instituição realizada por pedagoga contratada;

    02 crianças chegaram na instituição;

    Dezembro

    Abrigo de 18 crianças;

    Fornecimento de 2.790 refeições servidas;

    15 (quinze) consultas médicas específicas para o HIV dentro da instituição;

    01 (uma) consulta médica diversa;

    10 (dez) consultas com psicoterapeutas;

    06 (seis) consultas fonoaudiológicas;

    01 (uma) consulta odontológica;

    << voltar