• Assistência Social - 2020

    O ano de 2020 fez com que o mundo virasse de cabeça para baixo e para nós não foi diferente. Iniciamos o ano dando continuidade ao Projeto de Adesão que desenvolvemos desde 1999, mantendo as mesmas parcerias, mas como todos sabem em meados de março tudo parou. Infelizmente tivemos que aderir ao distanciamento e o projeto de adesão não pode dar continuidade ao atendimento presencial dos pacientes. Passamos exclusivamente a realizar entregas de cestas básicas. Mais do que nunca os pacientes que atendíamos se viram em situação precária. Os atendimentos médicos foram suspensos, postergados, todos os recursos foram teoricamente direcionados para a prevenção e assistência aos pacientes com COVID.

    Janeiro realizamos 111 atendimentos sociais e entregamos o mesmo número de cestas básicas.

    Fevereiro foram 115 atendimentos sociais e o mesmo número de cestas básicas doadas.

    Março foram realizados apenas 93 atendimentos sociais e as mesmas cestas básicas doadas.

    Abril já não pudemos mais realizar atendimentos sociais, mas doamos 125 cestas básicas para os pacientes cadastrados no nosso projeto de Adesão ao Tratamento.

    Maio doamos 131 cestas básicas para os pacientes que atendemos no Projeto de Adesão ao Tratamento mas doamos também 200 cestas básicas para os moradores da comunidade dos Guararapes, que além de ser próxima a Viva Cazuza mantém uma creche que nossas crianças frequentam. Não podíamos ver a comunidade passar dificuldade sem fazer nada. Fizemos campanhas de doação através das mídias sociais na tentativa de conseguir doações para suprir em parte a necessidade deles.

    Junho doamos 126 cestas básicas para os pacientes do Projeto de Adesão ao Tratamento e conseguimos ainda graças às campanhas nas mídias sociais da Viva Cazuza doar mais 200 cestas básicas para a comunidade dos Guararapes. 

    Julho doamos 137 cestas básicas para os pacientes do Projeto de Adesão ao Tratamento e conseguimos ainda graças às campanhas nas mídias sociais da Viva Cazuza doar mais 100 cestas básicas para a comunidade dos Guararapes. 



    << voltar