• Assistência Social - 2017

    Projeto de Adesão ao Tratamento

    Iniciado em 1999 o Projeto de Adesão ao Tratamento hoje mantém parceria com o PAM Antônio Ribeiro Neto (PAM 13 de maio), Hospital da Lagoa e IASERJ. Buscando diminuir os índices de infecções oportunistas e internações hospitalares os pacientes são encaminhados pelos médicos e/ou serviço social das unidades parceiras. 
    Dada a parceria com a Secretaria Municipal de Saúde da cidade do Rio de Janeiro a Viva Cazuza vem priorizando abrir novas vagas de atendimento para pacientes do PAM Antônio Ribeiro Neto. O projeto visa tentar compreender a dinâmica diária de cada paciente na tentativa de compreender o motivo da falha no tratamento e propor alternativas para melhorar a adesão. 

    São feitos encaminhamentos para serviços jurídicos, dentários, psicológicos e etc. quando requisitados. Os atendimentos são feitos uma vez por mês realizado por assistente social e agente de saúde com doação de uma cesta básica para cada paciente.

    No ano de 2017 um paciente foi a óbito e seis abandonaram o projeto. Ainda não foi possível aumentar o número de pacientes atendidos e a colocação no mercado de trabalho foi impossível.

    Foram cadastrados no projeto no ano de 2017 um total de 177 pacientes com agendamento mensal de atendimento, orientações a adesão ao tratamento, sensibilização de familiares e comunidade. Encaminhamentos para orientação jurídica, quando necessário, odontológica e psicológica, doação de cestas básicas, roupas, produtos de higiene e tentativa de encaminhamento para profissionalização e inclusão no mercado de trabalho.

    No ano de 2017 foram feitos 1726 (mil setecentos e vinte e seis) atendimentos e doadas 1726 cestas básicas.

     








    << voltar